segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Monsanto 17.10.10



A convite da malta da Delegação do CBTT TL de Lisboa e dos companheiros do Motoclube Lx fomos, este domingo, até Monsanto para mais uma volta de BTT. Monsanto seria uma estreia para a grande maioria de nós. De Samora fomos 12: eu, Charbel, Galamba, Fernando Costa, Luis Mendes, Zé Carlos, Cassetes, Vitor Amador, Pedro Romão e um amigo dele de Salvaterra (Sancho), e ainda Claudio e José (2 colegas do Fernando do Hiper). À nossa espera estavam mais 7 bttistas de LX (Pegaso, Charuto, Veiga, Costa e outros tantos que já nem me lembro dos nomes... não desfazendo). Assim que iamos iniciar esta epopeia, o Charbel apercebeu-se que se tinha esquecido... do banco!?!?!? (estranho!!) Como tinha ido com o Galambas optaram ambos por fazerem uma corrida pelas redondezas. Depois a meio da volta, no meio do mato, encontramo-los apenas numa bicicleta: um a conduzir e outro no quadro, sentado de lado (que linda imagem...). Mentira...eheheh estava um na bike e o outro a correr ao lado... Mas não deixava de ser engraçado nem que fosse apenas imaginar...ahahahah
A volta em si foi mesmo muito interessante. Começámos com muitos singletracks e foi assim até final. Alguns com excelentes inclinações por meio das arvores e até bastante perigosos. Pouco duro fisicamente (apenas 33-35 kmse 2 subidas dignas desse nome) mas muito técnico. Os Samoras (como nos chamam) mostraram que também sabem fazer singletracks só de um trilho e também sabem desviar-se bem às arvores. Aliás, as 3 quedas que houve foram todas dos anfitriões (Motoclube LX 3 - CBTT TL 0). E uma delas foi mesmo a sério, mesmo em grande! O Charuto, para manter a tradição, deu um valente tralho no ultimo single track a descer já na ida para os carros. Era uma descida brutal, a melhor da volta e havia muita gente a descer. Por entre arvores e raizes... foi sempre a dar até lá abaixo mas o Charuto prendeu a roda da frente numa das raizes e saltou por cima da bike batendo com a cara no chão. A pala do capacete partiu e deixou-lhe o nariz muito maltratado bem como a boca e o olho. O homem ficou esticado no chão e tememos pelo pior. Mas lá se levantou e foi mesmo só cromado. Mas nada bonito! Felizmente o Charuto ainda com uma boa disposição incrivel lá veio e no final ainda se riu com aquilo. Mas hoje deve estar bem dorido. (As melhoras, rapaz).



Só temos a agradecer a hospitalidade da malta de Lisboa por ter proporcionado uma volta muito porreira, com muito sobe e desce, singletrack... parecia um parque de diversões. A paragem na rolote das bifanas para uma mine também caiu que nem ginjas.
Para repetir!

Grande abraço e até à proxima volta.

DCB

3 comentários:

Zé Carlos disse...

Boas,
Uma volta muito boa com especial destaque o convívio, a malta do Moto Clube Lx *****.
Para quando a próxima ida a Monsanto?
Um abraço e boas pedaladas.
José Carlos

Paulo disse...

Olá,

Parece que ainda não foi desta que tive o prazer de andar em Monsanto e tudo graças ao "malvado" do Galamba. Então não é que o homem sabotou a minha bike?!!!! Só quando cheguei a Lisboa é que me apercebi deste acto maquiavélico,roubou-me o banco, eh, eh, eh. Mas como o homem fez-se para guerrear e um bttista dos trilhos nunca desiste, fomos assim mesmo reconhecer Monsanto e efectuar um treino digno desse nome. Fui fazer jogging e o Galamba levou a bike dele, ao fim de 40 minutos trocámos, é que as subidas eram mesmo a doer. Fazem-se melhor a correr do que a andar de bike. Graças ao meu GPS biológico, conseguimos explorar a serra e encontrámos o restante grupo por duas vezes. Já perto do final, encontrámos o Hélio (MCL) e a Nélia (Motoclube de Olhão). De salientar o facto de o Hélio e o do Zé Costa continuarem a andar, apesar de terem fracturado costelas quando participaram nas nossas voltas nocturnas?!!!! Uma coisa é certa, temos de repetir esta volta brevemente.

Obrigado aos nossos anfitriões.

Grande abraço,

Charbel

Carlos Fernandes disse...

Boas Pessoal,
Tenho pena de não ter podido participar, mas espero pela próxima.
Boas pedaladas.
CF