quinta-feira, 9 de setembro de 2010

O RAPTO - Domingo 05/09/2010

By Charbel

Olá a todos,

No passado Domingo, reunimos uma vez mais 14 bttistas. O pelotão era composto por mim, pelo Galamba, Pedro Romão, Emanuel, Luís Mendes, Paulo (mecânico), Orlando, Diogo, Sr. Rui (AREPA), João Paulo (Azeitão), Mário (Foros-de-Salvaterra), Rui Pinheiro, também por mais dois novos companheiros cujo nome não fixei.

Saímos da cidade em direcção ao valado das Silveiras, onde tive oportunidade de efectuar uma "curta metragem".

Let´s look at the trailler...

video

Depois entrámos no canal e mesmo à saída junto da balança, surge o primeiro percalço do dia. O pequeno Diogo (filho do Orlando) ao descrever uma curva na zona de areia atrapalhou-se um pouco e deu um tralho muito feio, visto que o guiador entalou-lhe a perna provocando-lhe dores horríveis. Tentámos logo ajudá-lo e como eu trazia o Camelbag cheio de água e gelo, retirei o saco e coloquei-o sobre a perna, enquanto o Orlando ligava à esposa para tratar do seu regresso.

Após algum tempo, lá prosseguimos a nossa viagem sem os dois. Entrámos no Singletreck do canal, já do lado dos Foros-de-Salvaterra, onde tivemos um "encontro imediato de 3º grau" com um grupo de caçadores que disparavam alegremente de um lado para o outro do canal!!!??? Depois de pararem a "guerra" lá atravessámos o local.
Quando estávamos quase a chegar à Aldeia-do-peixe, verificámos que faltava gente no pelotão e então voltei para trás, cerca de 1,5 Km mas não havia rasto dos bttistas desaparecidos! Apenas voltei a ver os caçadores que por ali se encontravam. Nessa altura pensei que talvez me tivesse enganado na contagem dos bttistas e voltei à Aldeia-do-peixe, onde ao chegar sou confrontado pelo Pedro acerca do misterioso desaparecimento de dois bttistas. Então voltei para trás novamente, com ele e com o Rui Pinheiro. Chegámos novamente à zona dos caçadores e ali por perto ouviam-se sirenes de ambulâncias de forma muito ruidosa e confesso que me passou pela cabeça algum tipo de "acidente" envolvendo caçadores e bttistas. Mas não, as sirenes afastaram-se sossegando-nos a todos. No entanto o mistério adensava-se, pois não existia qualquer rasto dos dois. Não vinham a boiar no canal nem tão pouco se encontravam nas suas margens...uuuh medo!

É nesse momento que surge uma nova tese! Sim, meus amigos desta vez existiam fortes indícios de rapto e os principais suspeitos.....eram eles....sim, eles....vocês sabem de quem é que estou a falar, eh, eh, eh...
No momento seguinte sim, por fim pudemos descansar! Desta vez já vislumbrávamos ao longe a presença dos bttistas perdidos. Tratava-se do Paulo e do Mário. Afinal o Paulo estava com receio de não aguentar a volta inteira e então decidiu simplesmente parar e sem contactos originou esta grande confusão!!!????

Nesta altura o Pedro voltou para junto do restante pessoal na Aldeia-do-peixe, eu e o Rui Pinheiro, acompanhámos o Mário e o Paulo no regresso a casa. Subitamente surge a figura de um autêntico míssil em nossa direcção que quase nos fez atirar para dentro do canal, e, qual não foi o nosso espanto, quando verificámos mais descansados que afinal o "míssil" era nem mais nem menos do que o nosso amigo Orlando, que depois de entregar o Diogo, voltou em alta velocidade ao nosso encontro!!!???? Hummm, "míssil"...querem ver que lhe arranjei um nickname porreiro? Como ele já não iria conseguir alcançar o grupo da frente, decidiu vir connosco.
Em Benavente encontramos três bttistas, o Rui e o seu primo e imaginem......o Sr. Presidente! Pois é, o homem anda tão fraquinho que agora só treina às escondidas, eh, eh, eh!

Em relação ao grupo da frente, que efectuou a volta completa, até à data ainda não tive mais notícias, isto apesar das minhas insistententes diligências. Apenas me chegou um pequeno "rumor" desagradável, visto que ao que parece o Sr. Rui teve um problema já dentro de Samora e ninguém reparou deixando o homem para trás sem apoio.
Daqui temos que retirar uma lição. Antes de começarmos a andar devemos certificarmo-nos de que possuímos os contactos uns dos outros e também que devemos sempre ter a certeza de que o último elemento do grupo se encontra connosco e em segurança. Por outro lado quem fica para trás também deverá tentar alertar os companheiros que se encontram imediatamente à sua frente.


Por hoje é tudo, grande abraço!


Charbel

2 comentários:

DCB disse...

É verdade! Há que ter os contactos uns dos outros ou mais facil ainda, e que eu faço e insisto, é que temos que olhar sempre para trás e para o ultimo. Assim que deixamos de o ver mandamos o restante grupo parar. Não pode ficar ninguém para trás.

Como disse o Charbel fui andar de novo com o Rui Zebra e o primo Luis Pisco (Zebra, Pisco, Colibri...aquilo parecia uma fábula de animais...eheheh). Saímos às 9h e demos a volta do canal. Foi bastante penoso para o Pisco (2ª vez que andava). Para este fds terá que ser mais curta para ele. Em breve o homem vai surgir em grande força.

Abrç e as melhoras para o filho do Orlando.
DCB

Orlando disse...

Boas,
agradeço o apoio prestado na altura da queda do Diogo. Para o bem dele, foi apenas um susto um pouco doloroso. Felismente não passou disso e já está completamente recuperado, tirando uma nodoa negra no local.

Um abraço
Orlando