segunda-feira, 26 de julho de 2010

Rescaldo da Volta do Morcego (Nocturna) - 23 Jul

Realizou-se esta 6ª feira (23 Julho) mais um passeio nocturno organizado pelo CBTT Trilhos da Lezíria - A Volta do Morcego.

Dado o periodo de férias a participação foi mais reduzida que em anos anteriores mas mesmo assim ainda compareceram 15 bttistas.
A noite estava explêndida... com uma temperatura espetacular e com lua cheia que, em certos locais até podiamos desligar as luzes.
O unico problema foram mesmo as melgas. Eram aos milhões e não podiamos parar nem 1 minuto... só mesmo a rolar é que estava tudo bem. Houve até quem sugerisse que se mudásse o nome da volta para Volta da Melga.
Este ano alterámos um pouco o percurso e fomos pelo valado e pela quinta da foz até à zona ribeirinha de Benavente mas depois fomos para a zona da Coutada Velha até St Estevão, não só para tornar a volta mais curta mas também porque.... havia festa em St Estevão. Ahhh pois é... tascas, bailarico, petiscos e bujas. Já viram o nosso azar?!?!?
Obviamente não podiamos desperdiçar esta oportunidade de beber umas bujecas e comer uma bifana. Foi o ponto alto da volta! Por esta altura já os fraquinhos do Zé Carlos, Sérgio e Hugo tinham voltado para trás pois o ritmo estava muito puxado para eles e também queriam chegar cedo a casa.


E agora uma noticia inesperada: não houve um unico furo!!!! É verdade! Houve apenas uma corrente partida na zona ribeirinha de Benavente.
E assim foi uma volta muito porreira, com cerca de 65kms (chegámos perto das 2:15) e com excelente convivio entre os participantes e sem quedas graves.
Para o ano há mais!

Obrigado a todos os que participaram e espero que tenham gostado,

DCB

terça-feira, 20 de julho de 2010

A volta da Branca e da Preta

by Fernando Ferreira

Domingo 18 Julho 2010,
Neste dia, eu(Outsider), Charbel e o Fernando Costa efectuamos a volta de Canha por estrada (Samora, Benavente, Sto. Estêvão, Cruzamento do Infantado, Canha, Fazenda das Figueiras, Branca, Biscainho, Foros de Almada, Benavente, Samora) com cerca de 90Km. O Encontro foi cerca das 8h junto à RiabaPedal e já estava um calor do camandro!

O Director Desportivo do CBTTTL (Fernando Costa) apresentou-se com a sua nova KTM Score RC 3.0 para o Raid com a sua camisola do Monte “Veutoux” - França:

O homem estava tão entusiasmado que se esqueceu do equipamento de segurança em casa – Cadê o capacete?!??

A volta decorreu sem grandes sobressaltos até à Branca (+/- a meio do percurso 54km). Durante o percurso o nosso director desportivo lá ia recomendando… não te quero ver parar de pedalar…, levas os joelhos muito abertos…, tens o banco muito baixo…, O homem está imparável quer na sua forma física quer na técnica. Se fosse no carro de apoio era vê-lo a bater na porta … mais depressa, mais depressa, vai… vai…. eh eh eh

Efectuamos o nosso 1º abastecimento (1 Branca e 2 Pretas – minis) no 1º café da Branca.


Mas… devido ao excesso de calor (eu transpirava em bica, até tinha os poros dilatados) que já se fazia sentir por esta altura, tivemos que abastecer novamente (+ 1 Branca e 2 Pretas – minis).


Depois de retemperadas as forças e das devidas afinações mecânico-tecnicas implementadas pelo director desportivo no banco da minha bike, partimos direitos ao Biscainho, Foros de Almada.

Nos Foros de Almada efectuamos o nosso 2ºabastecimento (+ 1 Branca e 2 Pretas – minis).

Acabamos por chegar cerca das 12h.30m. Eu fiquei com um empeno do caraças nas pernas e quando chegamos perto do final já se faziam sentir as cãibras. Se não fossem os abastecimentos certamente não tinha chegado ao fim e tinha que chamar o ACP.

1 Abr. e boas pedaladas,
FF

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Nuno Vicente - 1º class. Promoção - Camp Reg. Santarém

Companheiros e amantes do Pedal,

Tenho o enorme prazer de vos informar que o nosso colega do CBTT Trilhos da Lezíria, Nuno Vicente, acabou de obter mais um resultado digno de registo: FOI O 1º CLASSIFICADO DO CAMP. REGIONAL DE SANTARÉM EM PROMOÇÃO, este domingo dia 11 Julho de 2010.
O Nuno fez o percurso de 65km em 2:14:30, ou seja em apenas mais 18 segundos que o 1º Federado de Master e em 4º na Geral.

Ora este resultado é excelente e digno de um campeão mesmo para quem anda apenas há uns meses nestas andanças. É um orgulho para todos nós, para o CBTT Trilhos da Lezíria e para Samora Correia.

Parabéns Nuno Vicente!

CBTT TL

Promoção Masculinos – Passeio/Maratona
1Nuno Vicente CBTT Trilhos da Leziria
02:14:30

2 -Nuno Inácio - Pava Sport
02:18:10

3-Nuno Catarino -Róódinhas-Santos Silva Tmn
02:22:26

Elites (Sub-23 e Elites federados) – Maratona

1 - Ismael Graça
BarboRacing / Planetphone
02:12:49

2 - Claudio Paulinho
Sport União Colarense
02:12:55

3 - Ricardo Moreira
CNTN Aktive Team
02:13:44


Master (Master A, B e C federados) – Maratona
1 -Rui Galinha
CNTN Aktive Team
02:13:12

2 - Luis Triguinho
CNTN Aktive Team
02:15:10

3 - Sérgio Filipe
Águias de Alpiarça
02:15:15

terça-feira, 13 de julho de 2010

VOLTA DA JUVENTUDE!

By Charbel


Olá a todos,

No passado Domingo fizemos a concentração às 8H00, junto à Ribapedal para uma volta caseira.

Foi bonito de ver que uma nova geração de bttistas já se encontra assegurada, visto que estiveram presentes três iniciados com enorme potencial! Ah pois é, o Diogo, o Gabriel e o Emanuel, já revelam uma invejável forma física (apesar das suas idades rondarem os 12 e os 15 anos), suportando facilmente os cerca de 55 Km que perfazem a volta do canal. Com isto quero dizer que se cuidem certos Bttistas, como por exemplo o Galamba, eh, eh, eh…

Não se pense que se trata de uma perseguição ao homem pois ele até é dos que aguentam ir ao fim do mundo…..devagarinho, eh, eh, eh!
Ao Galamba jamais lhe perdoarei o facto de não ter conseguido acompanhar uma gaiata de 13 anitos a 25 Km/h, eh, eh, eh…
Agora a sério, quero deixar-lhe aqui uma palavra de apoio pois está no estaleiro devido a uma ruptura muscular contraída numa “jogatana” de futebol! Eu bem que o avisei…

Mas voltemos ao que importa. Já se nota que entrámos em período de férias no entanto tivemos um pelotão muito bem composto pelo Zé Latas, Nilton, Orlando, Emanuel (meu sobrinho), Gabriel (filho do Nilton), eu próprio, o “peixeiro”, o Diogo (filho do Orlando) e o “novato” Luís Mendes de Alhandra, que nos “encontrou” através da NET e decidiu juntar-se a nós. Deve ter procurado por um Clube que andasse apenas em planície para fugir à serra de Alhandra e descobriu logo o CBTTTL. O que ele não sabe é que o pessoal só anda na planície nos intervalos das idas à serra, eh, eh, eh….

No início ainda houve quem sugerisse irmos até Belmonte, mas de pronto essa ideia foi posta de parte pelo Orlando pois se o Luís Mendes fugia das serras de Alhandra, não o queríamos “escaldar” logo da primeira vez que andava connosco, eh, eh, eh!
Lá prosseguimos sem problemas, logo sem acontecimentos dignos de registo até que o nosso grande Zé latas decide tirar um “coelho da cartola” na ponte pedonal em Benavente!
Sim, é verdade, o homem num momento de “loucura” decidiu imitar o malabarista Vasco e desceu a escadaria da ponte (bastante íngreme) montado na bike, tendo obtido uma nota artística de 9,9 pontos, eh, eh, eh! É artista, não há dúvida. Este difícil número de circo só está ao alcance de alguns, apenas pecando por se ter tornado numa má influência para os mais novos que presenciaram a proeza ao vivo, eh, eh, eh!

Let´s look at the trailler...
video

Após este momento de descontracção o pequeno Diogo de 12 anos pediu ao pai Orlando para seguirem por estrada até Samora pois já se encontrava cansado. De facto, foi incrível ele ter aguentado tão bem até ali, dado que trazia uma bike de supermercado em ferro!!!!!????? O mais surpreendente de tudo foi que ele afinal não estava cansado ainda, apenas tinha receio de fazer o último troço do canal de Benavente até Samora pois já lá caiu. Foi muito valente e acabou por ultrapassar o medo de cair de novo, concluindo a nossa volta de forma heróica.

Parabéns ao Diogo que demonstrou ser um grande bttista, com um enorme espírito de sacrifício. Também o Gabriel e o Emanuel demonstram possuir grandes qualidades bttisticas!

Entretanto junto à balança do canal que fica perto dos Camarinhais, o nosso amigo Zé Latas ainda teve tempo de se recriar em cima da mesma, provocando ondas enormes dentro do canal, que o fizeram reviver os seus tempos de jovem rebelde e inconsciente, eh, eh, eh…

Quanto ao estreante Luís Mendes, demonstrou potencial e nunca se “queixou” apresentando ainda alguma frescura física no final. Espero que ele tenha gostado da nossa companhia, assim como das novas paisagens por onde andou, pois contamos com ele!

Foi mais um agradável passeio, em muito boa companhia!


Grande abraço,


Charbel

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Subida ao Monte Ventoux, França

by Fernando Costa

Amigos do pedal,

Este fim-de-semana foi inesquecível pois participei juntamente com 13 amigos, Fernando Costa, Zeca, Jean Marc, Frank, Marco, Denis, Christophe Boisguerin, Xavier Blot, Cristophe Giacalone, Jean Loup, Christophe Jarrin, Alain e Jean Mas numa das subidas mais míticas da Volta a França em Bicicleta, o Mont Ventoux com 1912m de altitude ( nos ALPES!!!!).
Ficamos alojados em Montbrin Les Bains uma vila magnífica, a sul de França, departamento do Vaucluse a cerca de 150km de Marselha, situada entre vales e montes. Os restaurantes e habitação estão completamente integrados na paisagem local, é indescritível tanta beleza, conseguíamos ter a visão do que iríamos alcançar mesmo a uma distância de 40km.
Campos de cultivo de lavanda a perder de vista, um perfume no ar sem igual, uma paz de espírito onde parecia nunca acabar enfim aconselho uma visita a todos os amantes das duas rodas a pedais.

Na sexta-feira bem cedinho, coisa não muito usual em Portugal, iniciamos em bicicleta de estrada a primeira etapa da subida ao dito e magnifico Mont Ventoux.
Paramos em Bedoin a 20km no cume do Mont Ventoux, ai abastecemo-nos e recuperamos para a subida infernal com inclinações entre os 6% até 14% com curvas muito apertadas.
Foi deveras uma experiencia incalculável de vontade, querer e esforço, pois fiz a subida sem nunca ter desmontado da minha bicicleta de estrada, também foi mais uma experiencia para mim, nunca tinha andado na bike de estrada.

Pelo percurso deparei-me com dezenas ou mesmo centenas de apaixonados pela bicicleta, desde Holandeses, Italianos, Alemães, Ingleses, Belgas, etc., o mais impressionante foi ver um paraplégico a fazer toda a subida com um esforço inimaginável e um sorriso enorme na chegada ao cume que só sente isto quem presencia, louvável.


Depois de todo o esforço empreendido na subida toca a descer….de loucos, curvas fechadas, uma velocidade de ponta de 70km/h e tudo isto faz-se em apenas 15 a 20m quando a subir é necessário uma média de 1h40m para os melhores e 2h30m para os menos preparados Humm…no final do dia o SPA era maravilhoso, massagens, sauna, jactos, piscina, etc.

No sábado repetimos a subida num percurso completamente diferente, iniciamos a subida em Malaucenes com 21km mas no meu entender pareceu ainda mais difícil.
Domingo e último dia fizemos uma volta caseira de cerca de 2h30m tendo atingido alguns cumes entre 1200m e 1600m de altitude, por volta das 12h da manhã iniciamos o regresso a Paris pois anda tínhamos umas 8h de viagem.

Foi uma experiência única com uns amigos fantásticos, muita boa disposição, saliento desde já o carinho e acolhimento por parte de amigos franceses que me apoiaram em todo o percurso, estadia e um obrigado a todos.

Para o ano será serra da Estrela e Senhora da Graça.


Boas pedaladas,

Fernando Costa