segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

O CBTT Trilhos da Lezíria no Troia-Sagres

by Sergio Silva


A Ligação de Tróia Sagres por asfalto com bicicleta de BTT, começou à 20 anos atrás quando António Malvar a realizou pela primeira vez.Este Passeio foge a todas as regras de qualquer organização, começando logo por não ser um organização, mas mesmo assim atraí praticamente todos os anos cerca de 500 a 600 ciclistas que de uma forma mais ou menos organizada, enfrentam o desafio de comprir 200 km`s. Partimos de Samora Correia às 6H30m da manhã eu o Zé Carlos, o Hugo e o nosso director desportivo o Sr. Rui que se disponibilizou para nos prestar apoio logístico durante o percurso.Após a nossa chegada a Tróia, já grande parte do pessoal tinha partido em pequenos grupos para não dificultarem o transito, acabamos por partir apenas nos os três sem companhia, mas passado pouco tempo dois atletas de camisola amarela passaram por nós a bom ritmo e aproveitamos a boleia, entretanto passámos por bastante ciclistas, juntando-se mais um elemento ao grupo. Algum tempo depois de passarmos Vila Nova de Mil-Fontes confirmamos a médiaq ue fizemos a este ponto era de 33 km`s hora. Assim que chegamos ao Algarve o ritmo começou a diminuir, pois não nosalimentamos atempadamente para enfrentarmos as primeiras subidas Algarvias,o que nos provocou após as ditas subidas uma falta de rendimento extraordinária pois nem a 25 km/h conseguíamos pedalar, optamos por não forçar o ritmo e começamo-nos a alimentar e ao fim de 1 hora as máquinas (corpo humano) começaram novamente a corresponder e voltámos a pedalar dentro da casa do 30 km/hora.Quando faltavam 12 km`s para chegarmos a Sagres o Hugo parte um raio na roda traseira, e pensou logo que já não chegava a Sagres, depois de tanto esforço não chegar a Sagres por 12 km`s era um grande galo. Enrolamos o raio partido no raio mais próximo e com a roda empenada a bater no quadro lá chegamos a Sagres com uma média de 29 Km`s hora em 198,8 km`s percorridos.

Sergio Silva

7 comentários:

Daniel C. Brites disse...

Em nome do clube só tenho a felicitar-vos por mais um objectivo alcançado... e com a camisola do CLUBE!
Deve ter sido muito porreiro...

Muito bem

Abrç

DCB

Hugo disse...

Boas,

Espectacular!!!!!! Acho que é a palavra que melhor define esta aventura/desafio. Este evento tem realmente uma mística especial, não sendo organizado consegue concentrar uma quantidade apreciável de ciclistas.

Nenhum de nós tinha realizado este evento, apenas eu conhecia minimamente o caminho a seguir, pois o tinha feito várias vezes de carro.

À cerca de 3 semanas propusemos fazer o Tróia-Sagres. Uma semana mais tarde o Sérgio e o meu primo na presença do Marco Sousa (várias vezes campeão nacional de XCO e XCM) quando confrontado com esta nossa ideia respondeu: 'vocês são mas é malucos', eram essas palavras que me lembrava constantemente quando ia na carrinha para Tróia ainda noite...

A verdade é que quando parados nas bombas de gasolina da Comporta e ao ver dezenas de pessoal já a passar nunca mais pensei nisso e só pensava quando é nós começávamos a pedalar. Rumamos a Tróia e montamos as bikes e ai fomos nós.

A bom ritmo rapidamente entramos no Algarve e foi ai que a dureza do evento se fez sentir! A subida de Odeceixe com cerca de 130 km nas patas arrasou-nos. Depois de Aljezur havia sobe e desce constante e o homem do martelo estava teimoso em desaparecer, finalmente conseguimos recuperar e voltar ao nosso ritmo, mas a 12 km da meta parti um raio e se até ai nem nos piores momentos pensei em desistir, pensei que o fim para mim estava ali, mas deu para seguir e lá chegamos a Sagres!

Durante o caminho sempre reinou a boa disposição entre todos os participantes, deixo aqui algumas frases/momentos que de algum modo ficaram:

+/- 85 kms - O sr Rui enquanto me dava mantimentos pela janela da carrinha, em andamento , parecíamos uns prós lol, visivelmente entusiasmado com o nosso desempenho - 'Vocês não param??? Querem passar toda a gente!!!??'

+/- Poucos km's depois - O Zé - 'Vocês matam o VELHO!!!!' mas o velho tá rijo e não vai morrer às boas lol.


+/- 160 km - No sobe e desce entre Aljezur e Vila do Bispo, quando o homem do martelo nos fazia companhia e teimava em não partir - O Sérgio - 'Eu nem gosto muito de descidas, prefiro subir, mas esta agora vai mesmo saber bem.'

a 12Km do fim - quando já estávamos bem e acabo de constatar que parti o raio. - eu - 'Achas que aguenta??? Faltam 12 km só quero chegar ao fim'- Sérgio responde - 'Não faças força, não pedales em pé, tem cuidado nas curvas e nos buracos.'

12 km depois chegamos ao fim!!!

A todos os que participaram e concluíram parabéns!!!
Os que por algum motivo não terminaram força e tentem para o ano!!!
Quem nunca fez, tente vale mesmo a pena!!!!

Abraço
HCordeiro

PS1- Um grande obrigado ao sr Rui por ter colaborado connosco.

PS2 - O COISO passou por nós que ia maluco, aquele gajo tá a andar nas horas lol...

Anónimo disse...

na verdade uma odiceia e tanto. UM dia que sabe alinho numa maluquice dessas...quem sabe?
um abraço e o espirito é esse ...participar!

joão marçal

Ricardo Brites disse...

Queria deixar os meus parabéns a estes aventureiros... ou melhor... a estes malucos (no bom sentido, é claro)! lololol
Apesar desse azar do Hugo, felizmente que chegaram ao fim...
Só por curiosidade, qual o tempo que fizeram?

Abraço
RB

Zé Carlos disse...

A ideia de participar neste evento, foi num dos treinos durante a semana, apesar da forma não ser a melhor devido estarmos no inicio da pré-época quero dar os parabéns aos participantes, faltou infelizmente o Tiago por motivos pessoais não pode participar.
Fomos uns verdadeiros cavaleiros do asfalto cujo objectivo era chegar a Sagres,e não ficamos nada mal na fotografia os 200km foram engolidos em 6h54mn. Quero realçar que havia gente conhecida do BTT e do Ciclismo de estrada como por ex:
Sandra Araujo campeã nacional XCO,
Céline Carpinteiro campeã nacional maratonas,Atletas sub23, Elites, treinadores etc,etc,etc...
Foi um dia bem passado em cima das bicicletas, convívio 5 estrelas, e quero agradecer publicamente ao sr. Rui Teixeira o apoio logístico. Fica aqui o convite para ser o nosso Director desportivo, um grande bem haja por tudo o que fez.
A região das Lezírias foi representada ao mais alto nível, nas suas fileiras a participação de um sem terra.
Continuem a pedalar
Abraço
José Carlos

Trilhos da Lezíria disse...

Olá,

Dou-vos os parabéns! É destas voltas a roçar a loucura de eu gosto, eh, eh, eh...

Ainda por cima fazer isto em Dezembro! Nem consigo imaginar a "tortura" que sofreram na parte final, onde começa a serra, ui, ui...

Quando fôr grande também quero ir, eh, eh, eh!


Grande abraço,


Charbel

Outsider disse...

Sim senhor!Tiro-vos o chapeu ou melhor, o capecete.

È destas voltas que mais tarde surgem as histórias para contar ao netinhos. È de facto uma experiência única.

1 Grande Abraço pra vocês,
FF