quinta-feira, 19 de agosto de 2010

O meu primeiro furo!

By Luís Mendes


Olá,

Após o regresso de ferias e aproveitando mais um Domingo para dar um passeio, lá fui eu ao local de encontro na Ribapedal.
Entretanto chegaram o Emanuel e o Charbel e lá nos dirigimos para Belmonte.

O percurso de subidas e descidas faz-se bem com excepção das famosas subidas de cascalho solto, que também não consegui fazer. Quando chegava a meio das subidas a bicicleta parava ali mesmo e já não conseguia subir mais! O Charbel diz que é uma questão de técnica, mas como comecei há pouco tempo espero adquirir a experiência e técnica necessárias para as fazer sem dificuldades.

Quando já regressávamos, senti que se passava alguma coisa na frente da bicicleta, olhei para a roda da frente e estava em baixo. Ora cá estava ele, o meu primeiro furo!
 
 
Nem nos meus tempos de criança me lembro de alguma vez ter um furo na bicicleta e como sou “novato” nestas coisas de Btt desconhecia por completo a existência de câmaras de ar com gel, ou outras soluções para evitar os furos! Com a ajuda do Charbel e do Emanuel substituí se a câmara-de-ar e retomámos o caminho até Samora sem mais incidentes.
 
 
Grande abraço!
 
 
Luís Mendes

3 comentários:

Outsider disse...

Luis,

Existe sempre uma primeira vez para tudo.

Para minimizar estes problemas á que comprar umas camaras de ar com gel. Vai facilitar este problemas tecnicos.

1 Abr.,
FF

Paulo disse...

Olha quem fala, eh, eh...aproveita e compra umas também para ti Fernando!

Ab

Charbel

Outsider disse...

Pois é. Por saber qual é o problema é que estou a recomendar eh eh eh. Ter um furo á noite não dá com nada. eh eh eh.

Aplica-se o celebre ditado "Faz o que eu digo. Não faças o que eu faço".

1 Abr.,
FF