terça-feira, 31 de agosto de 2010

Última volta de Agosto! - 29/08/2010

By Charbel

Olá a todos,

Hoje efectuámos uma volta "amena" por terras de Belmonte, exactamente como estava prometido. O local da concentração foi junto à Ribapedal, tendo comparecido para este evento 14 Bttistas, nada mau!
O pelotão era formado por mim, pelo Pedro Romão e um seu amigo dos Foros-de Salvaterra, pelo Orlando, Zé Latas, Paulo Vasconcelos, Emanuel Barbosa, Fernando Costa, João costa, Vasco Pereira, Marco, Luís Mendes, Paulo (mecânico da Ribapedal) e por último o pai do Nuno Vicente que se juntou a nós mais tarde.

O nosso amigo "Fenómeno" (Nuno Vicente), ainda teve tempo de nos cumprimentar, visto que se dirigia para Salvaterra a rolar, afim de juntar aos companheiros da sua nova equipa, treinados pelo consagrado Vítor Gamito.

Efectuámos a chegada a Belmonte muito calmamente, até porque tínhamos três juniores connosco, o Emanuel Barbosa (meu sobrinho), o João Costa (filhote do Fernando Costa) e o Vasco Pereira (seu sobrinho).
Foi muito bom assistir ao regresso do Paulo Vasconcelos após longa ausência. Acontece que ao saber da presença de bttistas juniores, aproveitou a ocasião para se juntar a nós, para andar "devagarinho", o que ele não sabia é que alguns desses juniores andam tanto ou mais do que alguns dos séniores, eh, eh, eh! Pelo menos o Vasconcelos teve coragem, ao invés do nosso ilustre presidente que devido ao receio de ficar "mal visto" junto da "pequenada" nem sequer se dignou a vir cumprimentar-nos, preferindo ir andar mais tarde na companhia de outros bttistas talvez ainda mais "fraquinhos"!
Estou a brincar claro, o que se passou foi que ele simplesmente sofre de um problema muito antigo, não consegue acordar cedinho para andar, eh, eh, eh!
Apesar de muitos bttistas se encontrarem em "começo" de época e por isso menos preparados, lá fomos ultrapassando todos os obstáculos, com maior ou menor dificuldade. Mas, como em todas as actividades há sempre alguém a reclamar! Foi o caso do Orlando que adora a areia e não parava de pedir mais e mais areia! Numa próxima ocasião iremos organizar um treino na praia só para ele.

Como volta que se preze tem de ter pelo menos um furo, o filhote do Fernando Costa fez as honras da casa. Esta paragem para reparação do furo arrefeceu alguns bttistas excepto o Zé Latas que continuou a subir e a descer o que lhe aparecia pela frente. O homem faz lembrar o nosso amigo "cassetes", pois não param nunca, parece que têm "bichos carpinteiros"!
Devido a esta paragem efectuármos a rampa mais curta de cascalho a frio e logo se verificaram os primeiros "estragos" no pelotão, excepto para alguns batoteiros (que não irei identificar) que decidiram atalhar caminho pelo Singletreck paralelo a essa rampa!
Depois do esforço, veio o abastecimento sólido.

Let´s look at the trailler....
video
Já recompostos, continuámos no sobe e desce com inúmeros tralhos pelo meio, alguns dos quais bastante aparatosos mas aparentemente sem consequências. A dada altura o grupo separou-se para não castigar muito os mais novos que regressaram pelo arrozal. O Emanuel como tem mais resistência continuou connosco. Houve ainda uma outra paragem em consequência da corrente partida na bike do pai do Nuno Vicente e ainda uma outra junto à quinta, onde simpaticamente a senhora acedeu em ligar a água permitindo assim encher os bidons.

Agora meus amigos, pááááraaaa tuuuuudoooo!

Recordam-se da crónica do "Chupa-cabras"? Acham que nos livrávamos da "besta maldita" assim tão facilmente? Nada de mais errado! Ora reparem só no horripilante "ornamento" que se encontrava mesmo por cima da torneira da água!
É verdade, contra todas as expectativas, ali estava diante dos nossos olhos, mais uma vítima do Chupa-cabras, eh, eh, eh! O pior de tudo foi assistir a esta cena inocente, onde os pobres incautos alegremente abasteciam os seus bidons, alheios ao perigo que espreitava nas entranhas da floresta, eh, eh, eh...
Sinistro não? Não há coincidências meus amigos!

Após este abastecimento líquido, prosseguimos pelos arrozais, onde a velocidade foi aumentando à medida que nos aproximávamos da cidade. Acabámos por fazer cerca de 30 Km de grande qualidade!

Por hoje é tudo, grande abraço!



Charbel

2 comentários:

DCB disse...

14 bttistas!?!?!? Muito bom para o regresso! O presidente anda muito fraquinho! As férias fizeram mal! Não! fui dar uma volta mais pequena (e mais tarde...) com o Rui Zebra (sim!! essem mesmo, o "quebra ritmo") e o primo dele, Pisco. E para este homem foi praticamente uma estreia. Ele tem que perder uns quilitos... prái uns 30kgs pois deve tar com mais de 110kg. eheheh Mas aguentou-se muito bem! Foi uma volta de 40kms mas praticamente plana e soft até Benavente e Barrosa. Saimos mais tarde (claro) e chegámos às 11:15. Foi bom também para o meu regresso.
Abrç

DCB

PauloMV disse...

Cheguei a casa com 6 furos nas rodas. Não admira na recta final do passeio a bicicleta estar pesada para caraças. O pneu traseiro já ia a meio!
Só reparei nisso quando cheguei a casa. Retirei os cardos, dei corda às rodas e a bela da gosma tratou do resto. Felizmente nenhum furo grande o suficiente para njustificar troca de câmara!

PV